sábado, 15 de janeiro de 2011

Serguei sobre Jim Morrison




A Joplin me convidou pra ir numa festa na casa do "Jimi", que a princípio pensei se tratar de Jimi Hendrix, mas que era o Jim Morrison do The Doors. A festa foi no Senega Motel em Los Angeles, e estavam presentes, entre outros, Alan Wosley, Kris Kristofferson, Eu, Jim, Pamela (Courson) e Janis. Aí, todo mundo bebendo, fumando, cheirando, aquela confusão!!! E o Jim, sempre dopado, olhando para o alto. A Janis ia pegar um drink pra beber quando de repente o Jim começou:

- Come here bitch! (Vem cá sua puta!)

Ele pegou a cabeça dela, colocou entre suas pernas e a prendeu, apertando. Mandou que ela o chupasse, senão quebraria a garrafa de Jack Daniel's na cabeça dela. Ela foi ficando roxa e eu consegui dar uma canelada nele para ela se soltar. Puxei ela pra perto, ele olhou pra mim com uma cara estranha de poucos amigos. Ela pegou o drink calmamente e disse:

- Tights!!!
Alegrias!!!
Ela levantou a mão, e deixou a taça cair no chão, espatifando-se. Pegou a garrafa, quebrou na parede e partiu pra cima do Jim:

- Vou cortar o seu pescoço, seu filho da puta! Vou arrancar sua cabeça!

Correu atrás dele, e ele desesperado, correu dela. Se embolaram na escada, eu consegui segurar a Joplin, e ele pegou o carro e foi embora da festa.

Ficaram sem se falar por um bom tempo.

***

Uns dois dias depois eu estava passando em frente a um barzinho, com aquelas portinhas tipo cabaré. Vi aquelas pernas sentadas e pensei: "Aquelas botas são do Jim..." E não deu outra: era o Jim. Batemos um papo, conversamos e num momento peguei na perna dele e falei:

- Pô! Você tem umas pernas, hein?
- Ih! Você não é minha viagem, não! Você era...
- Tua viagem é aquele teu amigo, né? O Alan.
- O Wosley?
- Todo mundo fala que ele te visita quando a Pamela não está, e tudo mais...
Ele ficou rindo, virando aquele olho pra cima.
- Tá saindo um pôster meu agora. Vou pro México amanhã.
- Um pôster? Vou pra Manhatan comprar lá em Nova York.
- Você está na América. Não está no Brasil. Você encontra na próxima esquina.

Só que eu não encontrei, ha ha!. Fui encontrar em Nova York, na Poster Market. Esse pôster que está na salinha de tevê dos fundos da casa é uma raridade.

Ele (Morrison) exagerava no comportamento. Em Miami, ele tirou o pau pra fora e falou para o público:
- Vem cá suas putas mexicanas. Vêm chupar o meu pau! Vocês não me querem? Vocês querem é o meu pau! Meu pau tá aqui óóó!!!
Balançou, foi preso, ele era um horror!

Retirado do livro "SERGUEI: O Anjo Maldito".

8 comentários:

  1. mCD_King -> kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkrockkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. NAda é horror, o Jim era o melhor e sepre vai, mesmo que com os exageros dele!

    ResponderExcluir
  3. Fantástico Sergei! Eu ia citar este episódio lá no Salada Rock. O que eu me lembrava de uma entrevista antiga do Sergei! Bem, agora irei comentar e indicar este link aqui para um lida com atenção! Valeu meus Amigos! Ainda bem que encontrei a História pelo próprio! OBRIGADO!http://salada-rock.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. karalhoooooo ele era muito fodhamente pertubadoo

    ResponderExcluir
  5. ele era desprendido das coisas materiais seu ESPIRITO ERA ELEVADO NADA TEMIA NADA AFLIGIA SUAS IDEIAS PENSAMENTOS DESEJOS VONTADES ELE FAZIA,BUSCAVA MOSTRAR ATRAVES DE SUAS MUSICAS E ATITUDES,A VERDADEIRA FORÇA DO ESPITITO LIVRE E SIMPLES AO MESMO TEMPO PARA MUITOS PSICOLOGOS E PSIQUITRAS SERIA UMA SIMPLES LOUCURA DA MATERIA HUMANA,SO PARA AQUELES QUE REALMENTE SAO SENSITIVOS IGUAL A MIM SABEM E ENTENDEM O QUE ELE PASSAVA.O LADO ESPIRITUAL SO SE SABE ENTENDER QUANDO PASSAMOS POR PROVAÇOES QUE NDA AKI DATEERA OU A MEDICINA RESOLVA.QUE DESUS DE A JIM SEU ESPIRITO A PAZ E A LUZ PARA QUE ELE CAMINHE AJUDANDO ONDE ESTEJA AS PESSOAS KE DEIXOU AKI NO PLANETA TERRA!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. o jim nao era assim o tempo todo, teve uma época em que se afundou no alcool e fez um monte de merda. infelizmente ficou mais conhecido por esses momentos de loucura do que por sua música ou poesia

    ResponderExcluir
  7. AHAHAHAHAHHA eu não acredito nisso pra mim nao aconteceu bem assim,ele nao foi um monstro foi um heroi que não seguia o sistema SEUS HIPÓCRITAS!

    ResponderExcluir